Nadadora, que atravessou o Canal da Mancha, visita à equipe de natação

Luciana Mesquita ministra palestra para os atletas grenás

No último sábado (05/09), a equipe de natação do Juventus assistiu a uma palestra com a nadadora Luciana Mesquita, que atravessou o Canal da Mancha, no dia 13 de agosto de 2009.

 

Ela é a sexta brasileira a conseguir realizar a travessia.

 

O Canal da Mancha tem 33 km e separa a Inglaterra da França no oceano Atlântico. Luciana levou 11 horas, 44 minutos e 33 segundos para completar o percurso.

 

Na palestra, a nadadora ressaltou toda a sua preparação e superação para encarar o desafio.

 

Segundo o diretor de natação, Sergio Lara, Luciana foi sem dúvida um exemplo de atleta. “Ela enfatizou os obstáculos que conseguiu enfrentar, e contou aos nossos atletas como foram as etapas para vencer cada um deles, com muita garra e determinação. Prá nós, foi um estímulo extraordinário, com certeza vai render muitos frutos para a equipe do Juventus”, explica Sergio.

 

Para o treinador Regis Mencia, a visita de Luciana ao Clube foi de extrema importância porque a nadadora mostrou que qualquer pessoa que determine uma meta, um objetivo na vida, com bastante trabalho, dedicação, luta e aplicação, vai conseguir sim atingir essa meta.

“Ela tinha essa vontade de fazer a travessia, determinou esse objetivo, treinou, emagreceu, perdeu quase 20 quilos, ganhou muita parte aeróbica para conseguir fazer a prova”, diz o treinador.

Regis ainda enfatiza: “o mais importante pra todos que estiveram aqui, não só para os atletas, mas para todos que assistiram à palestra, foi mostrar que ela teve determinação para cumprir o objetivo dela, teve uma série de obstáculos a serem ultrapassados e ela continuou na luta, foi lá, tentou uma vez num dia, não conseguiu, passados alguns dias, foi lá novamente para assim cumprir a meta”, relata.

Luciana Mesquita esclarece que esse desafio representou uma mudança de vida e a realização de um sonho. “Às vezes a gente faz as coisas e fica habituada a elas, entra numa rotina, então é bom parar e pensar o que está se fazendo ou o que não está se fazendo, ou o que gostaria de se fazer e rever tudo. Um objetivo desses estimula você a fazer uma mudança mesmo e a satisfação da realização vale muito à pena”, comenta.

Sobre as dificuldades que encontrou na travessia ela explica: “o frio, a alimentação, a correnteza, eu fiquei muito enjoada, vomitei. Na primeira tentativa eu estava gripada, não conseguia respirar. No começo parece uma piscina, não há obstáculos, nenhuma resistência e de repente tudo muda, você está nadando com a corrente contra e tem que fazer mais esforço, nadar mais quilômetros para chegar, eu passei muito mal. Mas na segunda vez, resisti e consegui finalizar o percurso”.

Luciana descreve qual foi o seu pensamento depois das dificuldades que enfrentou na primeira tentativa.

“Eu fiquei lá um mês. Cheguei uma semana antes da minha primeira tentativa, que foi no dia 31 de julho, estava preparada e depois de horas na água, não conseguia mais nadar, não conseguia respirar e a partir do momento que eu subi no barco e vi que terminou, veio aquela sensação de vazio, porque eu pretendia sair de lá com outro resultado. Então, eu fiquei uma semana ali tentando me preparar novamente, sarar da gripe, montar uma nova equipe e conseguir um novo barco para obter o que realmente eu buscava e no dia 13 de agosto, doze dias depois, eu estava na água e consegui”, lembra Luciana.

Luciana Mesquita fala ainda sobre o convite que recebeu do diretor da natação e o que representou para ela ministrar a palestra para os atletas grenás.

“Eu fiquei feliz em poder vir aqui no Juventus e passar uma mensagem positiva para eles continuarem nadando porque vale muito à pena. Para mim, foi voltar no tempo, porque eu comecei com onze anos, nadando, treinando, participando de competições de piscina. A natação foi muito importante na minha vida, tanto que, agora mais velha, consegui voltar e fazer parte da natação master. Eu nado pela Academia Gustavo Borges e participo dos campeonatos de master e das maratonas aquáticas”, conta Luciana.

Para fazer a travessia, além de toda a estrutura de treinamento, da preparação física e psicológica, Luciana Mesquita teve o apoio incondicional de seus familiares, técnico e amigos, como também o patrocínio da Duracell.

Confira mais no site:

http://desafioduracell.com.br/

 

 Luciana Mesquita e a Equipe de Natação Luciana Mesquita e o Diretor de Natação Sergio Lara