Juventus perde para o Red Bull

Futebol 

A equipe principal do Juventus perdeu para o Red Bull por 2 a 1, nesta quarta-feira (03/02), em partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Paulista da Série A3, realizada no Estádio Conde Rodolfo Crespi.

O técnico Betinho levou a campo os seguintes atletas: Gustavo, Giovanni (Heberty), João Carlos, Raphael, Magno, Fernandinho, Bia, Lucas (Egon), Wesley, Alex Alves (Michel) e Ricardinho.

No 1° tempo, os dois times se alternaram criando situações de perigo. Aos 3 minutos, o goleiro Gustavo defendeu um forte chute de fora da área.

Aos 17 minutos, Giovanni cobrou uma excelente falta, mas o arqueiro do Red Bull espalmou para escanteio.

Aos 20, o volante Hudson, do Red Bull, tentou uma bicicleta, mas a bola saiu pela lateral, e aos 27, o meio-campista grená, Lucas, acertou um belo chute que foi desviado pelo goleiro do Red Bull.

Após uma cobrança de falta, o goleiro juventino deu rebote e o atacante do Red Bull abriu o placar aos 30 minutos.

Aos 41, o volante Bia levou perigo ao adversário num forte chute de fora da área.

O time visitante ainda teve mais duas chances de marcar na 1ª etapa, numa delas tentou encobrir o goleiro grená sem êxito e outra num chute cruzado, em que a bola foi para fora.

No 2° tempo, o Red Bull começou dominando o jogo e logo aos 30 segundos acertou a trave juventina. O adversário continuou pressionando e, aos 08 minutos, ampliou o marcador para 2 a 0.

Faltavam 19 minutos para o término do confronto, quando o árbitro interrompeu a partida por conta da tempestade que desabava em São Paulo.

Após quase uma hora de espera, o árbitro autorizou que continuasse o jogo, mesmo com a forte chuva que ainda caía sobre o Estádio.

O Juventus então entrou em campo com mais garra e dominou os minutos que restavam. Aos 41, numa cobrança de pênalti, Wesley diminuiu o placar para o time da Mooca.

Nos minutos finais, até o goleiro Gustavo foi parar na zona de ataque em busca do empate.

Apesar da derrota juventina, o técnico Betinho acredita na recuperação instantânea da equipe. “Tivemos alguns vacilos, que é natural no início de competição, mas com certeza vamos tirar muita lição desta derrota. Ela vai nos ensinar a não errar tanto como erramos, não podemos abaixar o nosso nível de marcação, e nem o de determinação”.

Sobre a volta ao campo depois da paralisação da partida, Betinho esclareceu: “quando retornamos não cabia mais o futebol e sim o pólo aquático, mas a equipe mostrou determinação e vontade de querer buscar o resultado, o que não tinha feito, principalmente, no início do 2° tempo. O importante é que eles demonstraram, nesses 19 minutos, o mesmo que fizeram em Leme, e todo mundo acabou saindo satisfeito com esse final, a última impressão é a que fica”.

O atacante Wesley, autor do gol grená, ainda acrescentou: “para conseguir um bom resultado contra o Olímpia, precisamos melhorar e entrar desde o início com a pegada que tivemos no final deste jogo”.

O Juventus enfrenta o Olímpia Futebol Clube, no próximo domingo (07/02), às16h00, no Estádio Maria Tereza Breda, em Olímpia.

Na cobrança de pênalti, Wesley marca para o Juventus