Diante de má fase, Juventus tenta se recuperar na competição

Clube Futebol Futebol Profissional Imprensa 

Depois de duas derrotas consecutivas, nesta quarta-feira (14/03), o Juventus, que se encontra na 11ª posição do Paulista da Série A3, com 16 pontos, tem um importante desafio pela frente: encarar o Batatais, vice-líder do Campeonato, com 25 pontos.

Apesar da má fase, o comandante juventino Luiz Carlos Ferreira confia plenamente na recuperação da equipe grená e ainda defende que a volta dos jogadores, que estavam lesionados, pode mudar o rumo da história do Clube.

Acompanhe a seguir a entrevista do treinador concedida ao Portal Juventus.

O que você espera do jogo de amanhã, após duas derrotas?

“Em primeiro lugar, espero uma virada nesses dois jogos que disputamos em casa. Vamos ter a volta de dois importantes jogadores, principalmente do Élvis, mais condicionado, e os outros atletas também estão voltando aos poucos até o fim de semana, então já vamos ter um grupo muito mais forte, o que até agora nós não estávamos tendo, sempre faltava sete ou nove jogadores, mas independente de qualquer coisa é o jogo mais importante para nós nessa caminhada, porque temos que ganhar para começarmos a colocar o pé na classificação”.

Como se encontra o elenco após essas derrotas?

Sinceramente, muito envergonhado, os jogadores estão envergonhados, porque vestir uma camisa gloriosa, trabalhar em um Clube correto, que dá todas as condições, meche muito com os sentimentos e até com o brio das famílias”.

Hoje, o que foi conversado na reunião que você teve com a diretoria?

“Apenas trocamos ideia à respeito da parte motivacional que os jogadores vâo ter. Até hoje, eu só tive apoio e tranquilidade, você sabe que o treinador vive de resultados, mas estou tranquilo, estou fazendo o trabalho, gostaria de continuar, e quero continuar esse trabalho no Juventus”.

Comentou-se que você teve uma proposta de outro time, isso é verdade?

“Tive, mas não saio do Juventus, nem penso em sair daqui, cabe à diretoria mais tarde resolver se os resultados não vierem, mas minha cabeça é Juventus, apesar de eu ser profissional, estou muito ligado à diretoria e a todos vocês, eu só tive carinho e sei que tenho capacidade de dar essa guinada”.

Você acredita na classificação?

“Eu acredito muito na classificação, amanhã será um jogo muito difícil, mas estou confiante. Depende muito da rodada de amanhã e sábado, a tabela está bem embolada, ninguém ganha e isso tem ajudado”.

O confronto entre Juventus e Batatais acontece amanhã (14/03), às 15h00, no Estádio Conde Rodolfo Crespi.